Estudos e pesquisas sobre avaliação institucional no Brasil

Versões

PDF

Palavras-chave

Avaliação institucional
Educação superior
Gestão da educação

Como Citar

Evelin Camarço de Souza, F., Lucia Ferreira, S., & Dalmacir da Silveira, L. (2022). Estudos e pesquisas sobre avaliação institucional no Brasil: um estudo correlato. Docent Discunt, 2(2), 175–183. https://doi.org/10.19141/2763-5163.docentdiscunt.v2.n2.p175-183 (Original work published 31º de dezembro de 2021)

Resumo

Esta pesquisa se insere num contexto mais amplo de aprofundamento conceitual sobre a área da Avaliação Educacional, mais especificamente na dimensão da Avaliação Institucional. Desse modo, tem por objetivo compreender os impactos resultantes dessa dimensão institucional na dinâmica social e em como estas relações vão se construindo e se consolidando no tempo histórico. Também busca ampliar o entendimento sobre outros conceitos associados à temática, além da implantação de políticas de autoavaliação nas Instituições de Educação Superior (IES). Como metodologia foi proposta a realização de pesquisa correlata com vistas à exploração de pontos de aproximação e afastamento entre os conceitos de autoavaliação institucional e avaliação Institucional. Para tanto, busca como base conceitual estudos de autores como Bernardes e Rothen, Castro e Oliveira, Gatti, Pena e Alves, Brendalise entre outros. O levantamento foi feito com base nas pesquisas realizadas nos últimos cinco anos (2016-2020) e disponibilizados na plataforma digital catálogo de teses e dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Os resultados encontrados evidenciaram uma quantidade expressiva de teses e dissertações em diferentes programas e instituições de educação superior. Os estudos indicam que há uma produção multirreferencial sobre a avaliação institucional no Brasil, com diferentes olhares e perspectivas sobre esta dimensão da Avaliação Educacional, o que possibilita que novos pesquisadores entrem em ação para contribuir com a ideia de se construir uma verdadeira cultura da avaliação no país.

https://doi.org/10.19141/2763-5163.docentdiscunt.v2.n2.p175-183
PDF

Referências

BERNARDES, J. dos S.; ROTHEN, J. C. O campo da Avaliação da Educação Superior: foco na Comissão Própria de Avaliação. Revista Meta: Avaliação, v. 8, n. 23, p. 248-277. http://dx.doi.org/10.22347/2175-2753v8i23.991

BRANDALISE, M. Â. T. Avaliação institucional da escola: conceitos, contextos e práticas. Olhar de Professor, v. 13, n. 2, p.317-332, 2011. https://doi.org/10.5212/OlharProfr.v.13i2.0008

BRASIL. Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – Sinaes e dá outras providências. Portal Planalto. Brasília, DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/L10.861.htm. Acesso em: 14 ago. 2021.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Portal Planalto. Brasília, DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394compilado.htm. Acesso em: 14 ago. 2021.

BRASIL. Portaria nº 1.264, de 17 de outubro de 2008. Aprova, em extrato, o Instrumento de Avaliação Externa de Instituições de Educação Superior do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). Portal MEC. Brasília-DF: 2008. Disponível em http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=2995-port-1264-2008&Itemid=30192. Acesso em 05 nov. 2021.

BRASIL. Roteiro de Auto-Avaliação Institucional 2004 – Orientações Gerais. INEP/MEC. – Brasília-DF: 2004. Disponível em https://download.inep.gov.br/publicacoes/institucionais/avaliacoes_e_exames_da_educacao_superior/roteiro_de_auto_avaliacao_institucional_2004.pdf. Acesso em 05 nov. 2021.

CASTRO, A. M. D. A.; OLIVEIRA, L. M. da C. F. Avaliação e expansão da Pós-Graduação em Educação no Brasil e no Nordeste: assimetrias e desafios. Revista Educação em Questão, Natal, v. 59, n. 59, p.1-24, e-24454, jan./mar. 2021. https://doi.org/10.21680/1981-1802.2021v59n59

DALLABRIDA, N. A reforma Francisco Campos e a modernização nacionalizada do ensino secundário. Educação, Porto Alegre, v.32, n.2, p. 185-191, maio/ago. 2009. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/5520. Acesso em 10 ago. 2021.

DANTAS, E. E. V. A Avaliação Institucional na produção acadêmica e suas repercussões na docência da Educação Superior. 2017. Tese (Doutorado em Educação), Universidade Federal do Pará, 2017. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5061667. Acesso em 05 de jun. 2021.

DAVIDOVICH, L. Educação superior e inclusão social n Brasil: Sumário de algumas propostas da Academia Brasileira de Ciências. – Brasília-DF: MEC, [s.d.] Disponível em http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/academia_brasileira_ciencias.pdf. Acesso em 18 nov. 2021.

DIAS SOBRINHO, J. Avaliação Institucional: marcos teóricos e políticos. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 1, n. 1, 2012. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/722. Acesso em: 13 nov. 2021.

FALLEIROS, A. L. de S.; PIMENTA, M. L.; VALADÃO JUNIOR, V. M. O significado da autoavaliação institucional na perspectiva de técnicos-administrativos de uma universidade pública. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 21, n. 2, p. 593-618, jul. 2016. http://dx.doi.org/10.1590/S1414-40772016000200014

FERNANDES, I. R. Autoavaliação no Sinaes: prática vigente e perspectivas para uma agenda futura. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação), Universidade de Brasília, 2017. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6131628. Acesso em 05 de jun. 2021.

FERNANDES, M. E. A. Avaliação institucional da escola: base teórica e construção do projeto. – Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2001.

GATTI, B. A. Avaliação educacional no brasil: pontuando uma história de ações. EccoS Revista Científica, v. 4, n. 1, p. 17-41, jun., 2002. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/715/71540102.pdf. Acesso em 10 ago. 2021.

LIBÂNEO, J. C. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. São Paulo: Cortez, 2012. (Coleção docência em formação: saberes pedagógicos).

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986. (Coleção Temas Básicos de Educação e Ensino).

MARTINS, A. C. P. Ensino Superior no Brasil: da descoberta aos dias atuais. Acta Cirúrgica Brasileira, v .17, Suplemento 3, 2002. https://doi.org/10.1590/S0102-86502002000900001

MENEGHEL, S. M.; LAMAR, A. R. Avaliação como construção social: reflexões sobre as políticas de avaliação da educação no Brasil. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas, v. 6, n. 4, p. 17-26, out./dez. 2001. Disponível em: em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/1161/1156. Acesso em 10 ago. 2021.

OLIVEIRA, L. A. Análise da implantação e do processo inicial da Avaliação Institucional na UFOPA. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação), Universidade Federal do Oeste do Pará, 2017. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6288138. Acesso em 05 de jun. 2021.

PENA, N.; ALVES, C. R. Avaliação Institucional e regulação da qualidade da educação superior: enfoque na qualificação docente. In: SILVA, A. J. N. da; SILVA FILHO, V. C. dos S. (org.) (Des)Estímulos às teorias, conceitos e práticas da educação. – Ponta Grossa - PR: Atena, 2021. Disponível em: https://sistema.atenaeditora.com.br/index.php/admin/api/artigoPDF/53134. Acesso em: 14 ago. 2021.

SAMPAIO, H. Evolução do ensino superior brasileiro, 1808-1990. Núcleo de Pesquisas sobre Ensino Superior (NUPES) da Universidade de São Paulo. São Paulo: USP, [s.d.]. Disponível em: https://nupps.usp.br/downloads/docs/dt9108.pdf. Acesso em 18 nov. 2021.

SCHUTZER, H.; CAMPOS, S. C. A. Educação Superior e qualificação para o desenvolvimento econômico nacional. R. Bras. Planej. Desenv., Curitiba, v. 3, n. 1, p. 147-164, jan./jul. 2014.https://doi.org/10.3895/rbpd.v3n2.3588

SOUZA, F. E. C. de. Autoavaliação do mestrado profissional: uma análise das expectativas dos pós-graduandos. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação), Universidade Cidade de São Paulo, 2017. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5353424. Acesso em 05 de jun. 2021.

STANGE, C. E. B. O conceito de qualidade na Avaliação Institucional no sistema estadual de Ensino Superior do Paraná: contribuições interpretativas à luz de Bourdieu e Toulmin. 2020. Tese (Doutorado em Educação), Universidade Estadual de Maringá, 2020. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=10415539. Acesso em 05 de jun. 2021.

TOGNARELLI, V. R. Avaliação institucional: do processo construído à vivência do SINAES – a consolidação do sujeito coletivo institucional. São Paulo: Terracota, 2012.

VIEIRA, S. L.; FARIAS, I. M. S. de. Política educacional no Brasil: introdução histórica. Brasília: Plano Editora, 2003.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Docent Discunt

Downloads

Não há dados estatísticos.